O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, iniciou hoje (23), no Hospital Sírio-Libanês, na capital paulista, a sétima sessão de quimioterapia contra um câncer na região do estômago e do esôfago. O procedimento, com duração de 30 horas, deverá terminar nesta sexta-feira (24).

De acordo com boletim médico divulgado, exames realizados antes da sessão mostraram que o prefeito estava “apto” para começar mais um ciclo do tratamento. Covas foi liberado pelos médicos para trabalhar durante o período em que estiver internado.
 
“O prefeito Bruno Covas fez exames que mostraram que ele estava apto para iniciar a sétima sessão de quimioterapia, que começou hoje pela manhã. Este sétimo ciclo terá a duração de 30 horas, assim como os anteriores. A previsão de alta dependerá da avaliação da equipe médica após o tratamento e ele está liberado para exercer suas funções durante a internação”, diz o texto do boletim.

No dia 23 de outubro do ano passado, Bruno Covas, de 39 anos, foi internado para tratamento de uma erisipela. Dois dias depois, os médicos diagnosticaram uma trombose venosa das veias fibulares e exames subsequentes apontaram tromboembolismo pulmonar e câncer.

Covas foi diagnosticado com adenocarcinoma, um tipo de câncer na região de transição do esôfago para o estômago, além de uma metástase no fígado e uma lesão em linfonodos.

Edição: Fábio Massalli

Mais:   Começam a valer novas regras para opção de saque-aniversário do FGTS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *